CoachingHipnoseInteligência EmocionalPNL

Crenças Limitantes

Libertação de Crenças Limitantes. Quebra de correntes

Crenças Limitantes

Você sabe o que são crenças limitantes? O termo vem se popularizando cada vez mais com o interesse das pessoas por seu desenvolvimento pessoal e profissional. Entenda com este artigo o que são crenças e crenças limitantes, os tipos, estruturas e raiz das crenças, e ainda 5 passos para modificar uma crença limitante.


O que são crenças?     

Este é um tema relevante que já é abordado desde os tempos antigos com a filosofia existencial. Crenças não são verdades, mas se disfarçam muito bem de verdades e regem nossas ações, comportamentos e hábitos.

As crenças são sistemas de aprendizados que funcionam como programas de um computador, elas habilitam a ação ou a bloqueia em nossa mente inconsciente.

Muitas pessoas atribuem suas escolhas aos fatos externos, quando na verdade todas as nossas decisões são gerenciadas pelo inconsciente através dos programas aprendidos, nossas crenças.

Virginia Satir, uma terapeuta sistêmica, afirma que o maior instinto dos homens é o princípio da familiaridade, ou seja, nosso inconsciente decide através do que já conhece, do que é familiar para si. Uma pessoa que faz uso constante de drogas, por exemplo, tem um desejo específico, como, se soltar socialmente, experimentar uma mudança em sua experiência fisiológica, etc.. Quando ela tem esse desejo “intenção positiva”, a mente inconsciente processa o estímulo e envia uma resposta com o que já conhece, neste exemplo, a utilização da droga.

Toda mudança e desenvolvimento pessoal iniciam-se pelas crenças e não pelos comportamentos ou hábitos como é pensado popularmente.

 

O que é uma crença limitante?

Crenças limitantes são como impedimentos que bloqueiam você de realizar uma determinada tarefa ou ação que poderia construir algo positivo em sua vida ou apenas fazer algo que deseja.

Uma crença limitante é um sistema de aprendizados que definem uma verdade interna condicionada a aprendizados e experiências anteriores. É algo que você acredita que é uma verdade. Porém, todas as verdades são completamente subjetivas, ou seja, recebem uma definição associada ao contexto ao qual você estava inserido, com as informações que você tinha disponível até aquele momento. Muitas vezes uma limitação inconsciente é construída em decorrência dos fatos e recursos empregados no momento de sua criação. Como uma criança, adquire inúmeras crenças, tanto limitantes quanto possibilitadoras, isto ocorre pois nesta fase da vida a criança ainda não desenvolveu a parte lógica do cérebro, logo todas as "verdades" que lhe são apresentadas serão tidas como crenças.

Nossas crenças são desenvolvidas a partir de nossas experiências, no momento quando você está desenvolvendo um sistema que gerencia e administra todo o significado de suas vivências. É um processo de criação do seu modelo individual de mundo, suas referências pessoais.

Este processo é limitante quando você, muitas vezes sem saber ao certo o motivo, não realiza uma ação específica, sendo impedido por algum processo mental individual.

 

Tipos de crenças

Crenças sociais:

São verdades preestabelecidas por uma sociedade através de sua cultura, experiência de um povo, as próprias mídias sociais, propagandas, etc...

Essas crenças governam as “verdades” de um grupo ou sistema de pessoas.

Alguns exemplos destas crenças são: “todo brasileiro joga futebol”, “dinheiro é a raiz de todo o mau”, “o povo londrino é frio”, “você só é bonito se for magro”.

 

Crenças hereditárias:

Este modelo de aprendizado se dá em tudo aquilo que um indivíduo desenvolve dentro de seu sistema familiar. Este sistema de crenças estabelecem “verdades” construídas através da observação, discussões, ausência ou excesso de regras, relação interpessoal, tipo de alimentação, práticas e pensamentos sociais, etc...

Alguns exemplos destas crenças são: “você faz tudo pela metade”, “você não faz nada direito”, "você deveria estudar como seu irmão”, "seu primo é mais educado que você”, “você é burro”. Este tipo de afirmação fica registrado no inconsciente e gerencia um processo de habilitação ou limitação das suas atitudes ao longo da vida.

 

Crenças pessoais:

São aprendizados criados através das experiências pessoais. Um sistema de informações é compreendido como verdades mediante as suas vivências.

Em algum momento se você for traído, por exemplo, ou teve um rompimento de uma relação importante para você, você pode construir a informação de que ninguém gosta de você ou que “homem não presta”, por exemplo. Esse tipo de afirmação gerenciarão suas decisões futuras bloqueando ações diferentes a nível inconscientes.

 

Exemplos de crenças limitantes

  • “Deus ajuda quem cedo madruga”
  • “Dinheiro é a raiz de todo o mau”
  • “Dinheiro não trás felicidade”
  • “Não sei tudo que preciso”
  • “Tudo precisa ser perfeito”
  • “Eu nunca durmo direito”
  • “Não tenho dinheiro para nada”
  • “Sou muito velho para isso”
  • “É melhor dar do que receber”
  • “Não consigo me organizar”
  • “Sem trabalho duro não se consegue nada”
  • “O mundo está em crise, e por isso tudo está muito difícil”
  • “Não é possível viver do que se ama”
  • “Não tenho jeito para isso”

 

Estrutura das crenças

Todas as crenças são estabelecidas em dois tipos ou categorias.

Causa e efeito

Algo acontece por causa de outro evento, exemplo:

“Eu sou infeliz porque perdi minha empresa.”

“Eu não sei fazer isso porque não tive oportunidade de estudo.”

 

Equivalência complexa

Quando duas afirmações, pensamentos ou situações, são considerados com o mesmo significado, exemplo:

“Ela não se arrumou hoje, ela não quer sair.”

“Todo brasileiro adora carnaval”

 

Raiz das crenças

Toda a crença é instalada em três tipos de situação:

  • Possibilidade
  • Capacidade
  • Merecimento

Mediante as experiências, uma pessoa defini sua crença nestes três âmbitos, reparem que para algumas pessoas é impossível correr 100 metros abaixo de 10 segundos, para outras esse feito já é possível. Bem como algumas pessoas se acham capazes para realizar uma palestra enquanto outras ainda não. Ou até pessoas que acreditam merecerem receber uma proposta milionária enquanto outras não se acham merecedoras de tal feito, normalmente os motivos, ou valores que definem essas crenças são distintos para cada indivíduo.

 

Onde se instalam as principais crenças limitantes

Devido às necessidades de construir certezas emocionais, nossa mente inconsciente permite acreditar que estas crenças são verdades. A grande maioria das limitações se instala nas seguintes áreas da vida:

  • Dinheiro
  • Pessoas
  • Oportunidades
  • Aprendizado
  • Capacidades
  • Identidade
  • Situações
  • Tempo
  • Vida
  • Passado/Presente/Futuro

 

Cinco passos para modificar uma crença limitante

  1. Identificar suas crenças limitantes, as crenças que te impedem de realizar

Verifique em sua vida quais áreas você se sente limitado, quais ações gostaria de ter que por algum motivo inconsciente você não vem realizando.

Faça uma lista com 5 crenças que você ainda acredita e que não constroem os resultados desejados em sua vida, por exemplo:

  • Eu nunca consigo guardar dinheiro
  • Eu tenho medo de barata

 

  1. Identificar a causa desta crença, a primeira vez em que foi experimentada

Neste ponto, com a sua lista de crenças, busque a informação em sua linha do tempo de quando essa crença não existia em sua vida e quando ela começou a fazer parte de seu sistema de decisão.

A importância de identificar a “gênese” da situação, se dá pelo fato de compreender as relações emocionais envolvidas com a mesma, exemplo:

  • Eu sempre acabo sujando o nome ou gastando todo o dinheiro que ganho (Isso começou quando eu tinha 19 anos e fui demitido do meu primeiro emprego)
  • Eu vejo uma barata e saio gritando. Quando eu tinha 7 anos uma barata voou em minha direção e ficou presa do meu cabelo. Ou, eu sempre vi a minha mãe gritando quando via uma barata.
  1. Planejar e definir os objetivos a serem alcançados

Este é um importante ponto para a construção de resultados mais eficazes em sua vida.

Entenda especificamente o que você gostaria de realizar em sua vida se esta crença não existisse em seu sistema, exemplo:

  • Gostaria de juntar R$ 50.000,00 para dar entrada em uma casa em 3 anos.

Ao definir uma meta específica, você tem a possibilidade de fracionar o grande objetivo em pequenos pontos de realização, por exemplo: R$ 50.000,00 em 3 anos, significam R$ 695,00 por mês aproximadamente, sem contar a rentabilização que esse valor pode ter em uma aplicação.

Logo fica muito mais prático de entender quais ações exatamente te levarão a obtenção do grande resultado.

  • Gostaria de ver uma barata e ter a coragem de mata-la sem entrar em pânico. Para isso preciso compreender que nunca houve na história um ataque de barata a um ser humano, compreender que a barata é suja, mas inofensiva para mim.

 

  1. Identificar qual a crença (verdade) habilitaria uma ação mais produtiva e saudável

Ao identificar qual é o seu objetivo e planejar o seu caminho para o resultado, identifique qual seria a “verdade” mais congruente com seu novo desejo, por exemplo:

  • Eu consigo guardar parte dos meus ganhos, 20% especificamente e reorganizar meus gastos, bem como o pagamento de dívidas.
  • Eu consigo matar uma barata e eliminar esse “problema” com rapidez para poder relaxar mais rápido.

 

  1. Realizar e decidir pela nova verdade até que essa estratégia seja um novo hábito

Nosso sistema inconsciente é gerenciado pelas sinapses neurológicas que possuímos. Essas funcionam como programas que ao receber um estímulo informam o tipo de ação a ser executada.

Uma sinapse leva de 21 a 30 repetições para ser fortalecida, porém estudos mais modernos da neurociência apontam para aproximadamente 60 repetições para que haja sinapses relamente fortalecidas.

Uma forma interessante de construir esse novo hábito e reescrever o seu sistema de crenças para que as crenças limitantes sejam substituídas de forma inconsciente por um processo novo e saudável é se programar para praticar conscientemente a nova crença até que a mesma se torne uma competência inconsciente.

Além destes 5 passos para modificar Crenças limitantes, para potencializar os resultados indico que CLIQUE AQUI e conheça o E-book de Auto Coaching com PNL. Um e-book fantástico com 10 técnicas passo a passo para aplicar agora em sua vida e obter uma profunda transformação!
E-book Auto Coaching com PNL

Desejo uma vida extraordinária com crenças fortalecidas para suas realizações serem cada vez maiores e mais expressivas.
Gratidão e um grande abraço!


Autor

César Bueno - Crenças Limitantes

César Bueno
     Empreendedor, AUNLP Trainer Master em PNL Internacional, Master Trainer Coach Internacional, Master Trainer em Hipnóse Clínica e Hipnoterapia, Trainer em Lei da atração, Trainer em Pisicologia Positiva, Constelador Sistêmico, Self Management Leadership, Panorama Neurossocial e Trainer em Ho´oponopono.
Estudou e formou-se em diversas especializações na área da PNL com os próprios criadores como Robert Dilts, Judith DeLozier. Estudou também com Steve G Jones nas áreas da Hipnose. Tim Gallwey, Stephen Gilligan e Richard Moss nas áreas do Coaching, Presence e Comunicação Generativa e com Dr. Joe Vitale em Lei da Atração e Ho´oponopono.
Treinador desde 2005 é o único latino americano autorizado pela União Americana de PNL a certificar cursos de Formação Internacional em PNL, ministra também formações em COACHING, HIPNOSE, PANORAMA NEUROSSOCIAL, CONSTELAÇÃO SISTÊMICA e TREINAMENTOS TRANSFORMACIONAIS DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E CORPORATIVA.

"Sua missão é despertar o potencial infinito de cada ser humano, construindo resultados extraordinários com aplicações de profunda transformação generativa."

Conheça um pouco mais.

Assista a vídeos do Trainer no YouTube.

 


Ajude mais pessoas se libertarem de suas limitações, compartilhe!